A data de estreia do canal “Revolt” na TV a cabo dos Estados Unidos está prevista para ainda esse ano.

Segundo o New York Times, a intenção do rapper é montar um canal de músicas e notícias apresentado no ritmo acelerado dos status de facebook, publicações em twitter ou novidades surgidas através de qualquer outro tipo de fonte da rede.

A Comcast é a companhia de TV a cabo que será responsável pela transmissão do canal. Mesmo sendo uma das maiores dos Estados Unidos, não se pode saber ao certo em quantas casas o canal pode ser exibido. Através de um acordo, o governo permitiu que a Comcast tivesse ações na NBC Universal em troca de vários canais televisivos de minorias étnicas.

Diddy vê seu canal como “uma nova energia, com algo que as pessoas vão querer ligar para ver.” Mesmo sendo a primeira vez do rapper lançando um canal de televisão, não é sua primeira experiência nesse meio, já tendo produzido, por exemplo, o programa “Making The Band” da MTV gringa.

Segundo ele, o Revolt é o primeiro canal criado inteiramente do zero nesta nova era de mídias sociais. “Estamos construindo essa plataforma para que artistas possam alcançar um número extraordinário de pessoas de uma maneira completamente diferente. O Revolt será ao vivo, assim como todos os grandes momentos da história da televisão”.

A programação, montada em parceria com Andy Schuon (veterano da MTV), será voltada para videoclipes, shows e artigos pop, e reforça a ideia de que a comunicação entre artistas e público será a característica principal do canal.

“A oportunidade de criar uma casa onde música, artistas e fãs possam se comunicar de forma autêntica é realmente única. O Revolt irá celebrar e recriar a plataforma que ajudou minha carreira a decolar e dar ao mundo uma nova forma de consumir música na televisão”, declarou, através de um comunicado.

Fonte: Blog Pop