Vai ao ar na noite deste domingo, 12 de fevereiro, as 23 horas no horário de Brasília, no canal TNT, a 54ª edição do Grammy, direto de Los Angeles, na Califórnia. A cerimônia de premiação da música, organizada pela Academia da Gravação dos Estados Unidos, terá uma homenagem especial será prestada a Whitney Houston, que morreu neste sábado, 11, aos 48 anos.

De acordo com a entidade responsável pelo Grammy, as cantoras Jennifer Hudson e Chaka Khan foram convocadas para prestar o tributo à Whitney. O produtor executivo, Ken Erlich, declarou que, apesar da morte ser algo tão recente, eles prestariam a homenagem. “Pedi para Jennifer Hudson [se apresentar]. Estamos conversando sobre o que ela pode fazer. Será algo muito respeitoso. Não será um mega tributo porque o acontecido ainda é muito recente. Será algo respeitoso à memória dela”, explicou Erlich.

Whitney Houston, que ganhou seis Grammys durante sua carreira, foi encontrada morta por um integrante de sua equipe, dentro de uma banheira no quarto do hotel Beverly Hilton, em que estava hospedada em Los Angeles. Ela participaria de uma festa pré-Grammy na noite de sábado. A causa da morte ainda não foi divulgada, mas a polícia americana suspeita que tenha sido por afogamento.

A diva da música pop era conhecida por suas apresentações impecáveis e uma voz poderosa. A música “I Will Always Love You” (um de seus maiores sucessos), do filme “O guarda-costas”, foi premiada com o Grammy por melhor gravação do ano, em 1993. Por conta da turnê mundial da trilha do filme, Whitney se apresentou no Brasil em janeiro de 1994. Ela vendeu 200 milhões de álbuns em sua carreira e chegou 30 vezes ao topo das paradas da Billboard.

Fonte: O Diário.com